Indicadores de Projetos

Videos

Estão disponibilizados 8 vídeos relacionados ao tema Indicadores de Gerenciamento de Projetos, incluindo Relatório de Status de Projeto.

Os indicadores de gerenciamento de projetos evidenciam o progresso dos projetos em determinadas dimensões, como: qualidade, prazos, custos, satisfação do cliente/usuário. Os indicadores podem ser criados na própria organização ou podem ser indicadores padrão de mercado, como é o caso do CPI (Cost Performance Index) e SPI (Schedule Performance Index), contidos no Guia PMBOK®.

Indicadores

O CPI (Cost Performance Index) é o indicador que mostra o desempenho do projeto na dimensão “custos”. Em língua portuguesa foi traduzido por IDC (índice de Desempenho de Custos). Este indicador está contido no Guia PMBOK®. Utiliza o conceito de Earned Value (Valor Agregado).

CPI ou IDC (custos)

O TCPI (To-Complete Performance Index) é o indicador de custos (futuro) de um projeto para que ele seja encerrado no orçamento previsto. Por isso é que se diz que o CPI (Cost Performance Index) mostra o indicador passado e o TCPI, o indicador futuro.

TCPI (custos futuro)

O SPI (Schedule Performance Index) é o indicador que mostra o progresso do projeto em termos de prazos. Este indicador está contido no Guia PMBOK®. Utiliza o conceito de Earned Value (Valor Agregado) e não considera o Caminho Crítico do projeto, um dos motivos de tantas críticas. Por isso, o Prazo Agregado vem sendo implementado em muitas organizações.

SPI ou IDP (prazo)

O Prazo Agregado está sendo cada vez mais utilizado nas organizações em função das deficiências do SPI (Schedule Performance Index). Embora o Prazo Agregado também utilize o conceito de Earned Value (Valor Agregado), ele evidencia a posição do projeto na “linha do tempo prevista”. A variação de prazo mede “o quanto” o projeto está adiantado ou atrasado, sendo calculado pela fórmula “Prazo Agregado – Prazo Planejado”.

Prazo agregado

O que você, executivo, precisa saber sobre um projeto em andamento para a segura tomada de decisão? Relatórios de progresso de projeto com quatro ou cinco páginas são “indigestos” para todos: para quem os elabora, pelo excessivo tempo de preparação, e também, para você executivo, que precisa entender rapidamente os pontos que requerem sua intervenção.

Status de projeto

Compartilhe no WhatsApp